Poesia do entulho

És minha sina ou és minha vida?
És minha razão ou fugiu pelo portão?
És meu estado incerto ou está tudo amarelo?
Será que é a ida ou é benvinda?
Será medo ou desespero?
Será arte ou bacamarte?
Será tudo nulo ou um monte de entulho?
                                   Milena Luf

Postagens mais visitadas